Últimos Posts
recent

Cineantropometria

esp_cineantropometria

 O que significa cineantropometria?

É uma palavra de origem grega que significa , Medir o homem em movimento. Vamos analisar a palavra.


Cine: O Sufixo significa movimento e reflete o estudo do movimento, das trocas que ocorrem no homem. É o símbolo da vida, da evolução e do desenvolvimento do ser humano.
Antropo: O tema central cujo significado é “homem” o qual vamos medir o objeto principal do  nosso estudo.
Metria: O sufixo tem o significado de fácil compreensão “medida”.

 

Um pouco de história
O fenômeno que mais tem captado a atenção do ser humano através da sua história, tem sido o próprio homem, e tão complexo é analisar sua totalidade que se faz necessário dividi-ló, e uma destas divisões, é a cineantropometria.

Hipocrates

6-57e9e55a83400 a.C. Hipócrates faz as primeiras referências ao conceito de estrutura humana, foi um dos primeiros a classificar os indivíduos segundo sua morfologia em tísicos* ou delgados** e apopléticos*** ou musculosos****.

*Tísicos: Que ou aquele que está atacado de tísica. Sinônimo de tísico: tuberculoso
**Delgados: Que tem pouca espessura, que tem o talhe fino e delicado; esbelto, magro. Sinônimo de delgado: fino, franzino e magro.
***Apopléticos: Relativo à apoplexia, vulgarmente é quando uma pessoa fica pasmo ou paralisado com determinada situação, seria o mesmo que ficar de "queixo caído" justamente por ser sinônimo de "acidente vascular cerebral" o que deixa a pessoa sem movimentos. Sinônimo de apopléticos: congestionado, confuso, congesto, embaraçado, rubro, paralisado sem ação.
****Musculosos: Que ou aquele que há muitos músculos. Robusto, vigoroso, forte. Sinônimo de musculoso: musculado e nervudo

 

Johann Sigismund ElsholtzUniversidade de Pádua
Século XVII Johann Sigismund Elsholtz emprega pela 1ªvez o termo “antropometria” em uma série de estudos morfológicos realizados na Universidade de Pádua.

 

Linha do tempo com fatos em anos variados

» 1930 Desenvolve-se um “compasso”,similar a uma pinça que permite medir a gordura em determinadas partes do corpo.

» 1939 BRASIL. É introduzido o ensino da Biometria nas Escolas de Educação Física.

» 1972 Pela primeira vez usa-se o termo“cineantropometria” num artigo de Willian Ross na revista científica belga Kinanthropologie.

» 1976 No Congresso Científico Olímpico(Montreal 1976). A cineantropometria foi apresentada pela primeira vez como uma especialidade emergente e de grande aplicabilidade na área da atividade física,nutrição e alto rendimento.

» 1978 Acontece o 1° Congresso Mundial de Cineantropometria. Até 1990 haveriam outros três. A cineantropometria é reconhecida como ciência.

» 1987 surge o DEXA. (Dual-Energy X-ray Absorptiometry)*

» 1979/1980 No final dos anos 70 início dos 80 desenvolvem-se os principais métodos de mensuração e avaliação da composição corporal: Ultra-som, Tomografia computado-rizada, Bio-Impedância, etc.

» 1984 é lançado o primeiro livro que iniciou o estudo da Cineantropometria

Métodos de Valoração

Diretos:
Dissecação de cadáveres

Indiretos:
Pesagem hidrostática
Dexa (Dual Energy X-Ray Absorptiometry)

Duplamente indiretos:
Bio-Impedância
antropometria

 Método direto. Dissecação de cadáveres

A dissecação de cadáveres é a única metodologia considerada direta; neste método ocorre a separação dos diversos componentes estruturais do corpo humano afim de pesa-lós e estabelecer relações entre eles e o peso corporal total. Desta forma, podemos perceber a dificuldade de estudos envolvendo este procedimento, o que justifica a pequena quantidade de estudos com cadáveres e a utilização de metodologias mais acessíveis.

Entretanto, cabe citar dois estudos de grande relevância nesta área que se utilizaram da metodologia direta, o de MATIEGKA (1921) e o de DRINKWATER et alii (1984). 
No primeiro, (MATIEGKA, 1921) desenvolveu uma série de equações para estimar o peso da pele mais o tecido adiposo subcutâneo, dos músculos esqueléticos, dos ossos e do tecido residual (órgãos e vísceras). Em seu estudo, Matiegka reconheceu a necessidade de novos estudos com cadáveres para validar os coeficientes que derivou.

No segundo, (DRINKWATER et alii, 1984) bem mais recente, foram estudados 25 cadáveres, com idades variando entre 55 e 94 anos, que foram medidos e dissecados. Este estudo foi  o único onde os dados de medidas de superfície  e composição anatômica foram coletados nos mesmos cadáveres; o mesmo contribuiu para a obtenção de  novos dados sobre as quantidades dos tecidos e órgãos no corpo humano adulto,  relatando as quantidades destes tecidos e órgãos por medidas corporais externas, produzindo dados que podem
ser usados para a validação de vários  métodos de estimativa da composição corporal humana "in vivo", e para  o desenvolvimento de novos métodos antropométricos (DRINKWATER et alii, 1984). É importante ressaltar que a utilização das equações propostas por este estudo deve ser cuidadosa no que se refere a populações jovens, crianças e atletas, pois a amostra era composta só por indivíduos idosos e isso pode proporcionar um erro significativo nos resultados.

Método indiretos. Pesagem hidrostática

O método baseia-se no princípio de Arquimedes: “Um corpo imerso em um líquido sofre a ação de uma força hidrostática de flutuabilidade, que é evidenciada por uma perda de peso equivalente ao peso do líquido deslocado.”

Através da pesagem hidrostática se determina a densidade corporal, o percentual de gordura, a massa gorda e a massa magra de um indivíduo.

A densitometria refere-se ao processo geral para estimar a composição corporal através da densidade corporal. A densitometria se torno um sinônimo de pesagem hidrostática. Esse método indireto é considerado como padrão e frequentemente tem sido usado como critério de validação de novos métodos da determinação da DC, %G, MG e MM

 

Fórmula de cálculo da densitometria

 

        DC= M
(M – MSub)
– (VR + 0,1)
         D

DC – Densidade corporal em g/ml
M – massa do corpo no ar em Kg
MSub – massa do corpo submersa em Kg
D – densidade da água em g/ml

 

Método Indiretos. DEXA*

Dexa (dual energy x-ray absorptiometry, ou, radioabsorciometria de feixes duplos) é um método de avaliação que serve para analisar a composição corporal. A quantidade de massa ou gorda do organismo é medida pelo densitômetro, que traduz para porcentagens as imagens obtidas por um tipo especial de raio x dos diferentes compartimentos do corpo: tecido ósseo, muscular, de gordura e fluidos.ósseo, muscular, de gordura e fluidos.

 

Método DEXA Aplicação

» Posição supinada;

» Área de escaneamento 60 x 200 cm;

» Escaneamentos transversais com intervalos de 1cm da cabeça aos pés;

» Cada escaneamento gera 120 pixels;

» Tempo de escaneamento 20-25min;

» Exposição a radiação 0,02-1,0 mrem

 

 

Método duplamente indiretos. Bio-Impedância

3A palavra "Impedância" significa resistência à passagem da corrente elétrica, e está inversamente relacionado à condutividade elétrica. Toda matéria oferece uma determinada resistência ao fluxo de corrente elétrica que é inversamente proporcional ao nivel de hidratação e eletrólitos nela contidos.

A avaliação da composição corporal por Dio-Impedância, se fundamenta na passagem de uma corrente de baixa voltagem e frequência pelo corpo do paciente, determinando-se a resistência oferecidas pelos diversos tecidos do organismo. Lembrando o fato de que o tecido gorduroso tem um conteúdo aquoso baixo, pode-se deduzir que a condução da corrente elétrica será mais difícil se comparada com a condução do tecido muscular que é predominantemente aquoso. com esses dados através de um programa especial pode-se estimar o percentual de massa gorda, massa magra  e metabolismo basal do paciente.

Protocolo para realização do BIA

» Não comer ou beber a menos de quatro horas do teste;
» Não fazer exercícios a menos de 24 horas do teste;
» Urinar a menos de 30 minutos do teste;
» Não consumir álcool a menos de 48 horas do teste;
» Não tomar medicamentos diuréticos a menos de sete dias do teste;
» Mulheres em período pré-menstrual não devem fazer o teste.

5

Método duplamente indiretos. Antropometria


O ser humano pode ser descrito com grande precisão através de medidas de sua morfologia externa, tais com o segmentos ou alturas, diâmetros,perímetros e dobras cutâneas. O uso da dobra cutânea é um dos mais práticos e hábeis métodos na avaliação corporal em populações adultas entre 20 e 50 anos deidade, isto porque aproximadamente 70%da gordura corporal total está localizada subcutâneamente.

 

Afinal, qual a melhor técnica?
 
Após esta pequena revisão sobre  avaliação da composição corporal percebe-se que a escolha da técnica não  é tão fácil quanto parece e, qualquer que seja a técnica pela qual optemos, é necessário um bom conhecimento da mesma no que diz respeito à padronização das medidas e sua validade para o grupo ou indivíduo a ser avaliado. Considerando que as técnicas mais acessíveis são justamente as que podem produzir mais erro, é importante que verifiquemos as vantagens e limitações da técnica escolhida, para que possamos errar um pouco menos.

Índice de massa corporal (IMC)

A forma mais amplamente recomendada para avaliação do peso corporal em adultos é o IMC (índice de massa corporal), recomendado inclusive pela Organização Mundial da Saúde. Esse índice é calculado dividindo-se o peso do paciente em Kilogramas (Kg) pela sua altura em metros elevado ao quadrado (quadrado de sua altura). O valor assim obtido estabelece o diagnostico da obesidade e caracteriza também os riscos associados conforme apresentado a seguir

Formula para calcular

Vamos conhecer os instrumentos e procedimentos.

Compasso de Dobras (Plicômetro)

 

Procedimento: O compasso deve ser manuseado com a mão direita, com a mão esquerda pinçamos o tecido subcutâneo entre o polegar e o indicador, cuidando para o músculo não seja pinçado junto, na dúvida solicita-se uma leve contração e posterior relaxamento do músculo. As extremidades do compasso são ajustadas perpendicularmente à prega a uma distância de aproximadamente 1 cm do ponto onde a prega foi pinçada, aguarda-se dois segundos antes de efetuar a leitura.

 

 

Fita Métrica

4

Procedimento: Tomar a fita métrica na mão direita e a extremidade livre na mão esquerda. Deve-se ter o cuidado de manter a fita formando um ângulo reto como o eixo do osso ou com o segmento que se está medindo. Afita passa ao redor do local onde se vai realizar a medida, cuidando para não comprimir a pele.

 

 

Paquímetro e Antropômetro

8

6

Procedimento: As ramas do paquímetro ou do antropômetro devem estar colocadas entre os dedos polegar e indicador, utiliza-se o dedo médio para localizar o ponto anatômico. Deve-se aplicar uma pressão firme sobre as ramas para minimizar a espessura dos tecidos como músculos e gordura.

 

 

 

Segmômetro

BS-segmometro

Procedimento: As ponteiras do segmômetro devem estar colocadas sobre os pontos anatômicos demarcados. Devemos ter o cuidado para que a fita não fique em contato com o segmento a ser medido pois isso acarretaria, em muitos casos, a deformação da fita de acordo com a conformação do mesmo.

 

 

 

 

 

Mais porque medir tudo isso?

Dobras: Através do conhecimento dos valores das dobras cutâneas poderemos determinar o percentual de gordura total do indivíduo ou a quantidade de gordura no local avaliado.
Perímetros: Através do conhecimento dos valores dos perímetros, subtraído-se daí o valor da dobra cutânea, poderemos determinar o desenvolvimento muscular no local medido.

Diâmetros: Através do conhecimento dos valores dos diâmetros, poderemos determinar o desenvolvimento esquelético do indivíduo.

Segmentos: Através do conhecimento dos tamanhos dos segmentos poderemos determinar a posição correta de móveis,equipamentos e utensílios utilizados no dia adia, proporcionando desta forma um melhor posicionamento ergonômico do indivíduo.

 

UTILIZAÇÃO PRÁTICA NA EDUCAÇÃO FÍSICA

» AVALIAÇÃO DA RECUPERAÇÃO MUSCULAR;

» AVALIAÇÃO GERAL DO INDIVÍDUO;

» ANÁLISE DA SIMETRIA MUSCULAR;

» ESTUDO E DESENVOLVIMENTO DEEQUIPAMENTOS PARA SEGURANÇANO TRABALHO;

» AVALIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO OU RECONFIGURAÇÃO DE LOCAIS DE TRABALHO;

» FORMULAÇÃO DE PROGRAMASADEQUADOS DE ATIVIDADE FÍSICA;

 

CUIDADOS GERAIS

» Local amplo e com regulação de temperatura;

» Vestimenta (menor roupa e descalço);

» Medidas realizadas do lado direito;

» Marcar pontos anatômicos antes de iniciar as medidas.

 

RECOMENDAÇÕES

» Explicação sobre os procedimentos;

» Trocas de posição do avaliado deforma não brusca;

» Estudos ao longo do tempo,respeitar horário que os testes foram feitos pela primeira vez;

» É conveniente contar com a colaboração de um ajudante.

 

 

 

 

Referencias Bibliográficas:

http://www.dicio.com.br/delgado/
http://www.slideshare.net/VieiraPersonal/medidas-e-avaliao
http://pt.scribd.com/doc/15477794/CINEANTROPOMETRIA
http://www.dicionarioinformal.com.br/apopl%C3%A9tico/
http://www.sanny.com.br/downloads/mat_cientificos/melhor_tecnica_de_a.pdf

Raynner Barbalho

Raynner Barbalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.