Últimos Posts
recent

ESTADO DE CHOQUE

ESTADO  DE CHOQUE choqu

Conjunto  de  alterações  orgânicas devido  a  uma  inadequada  perfusão  e consequente  falta  de  oxigenação  dos órgãos  e  tecidos,  ou  seja,  as  células começam  a  entrar  em  sofrimento  e,  se esta condição não for revertida, as células acabam morrendo.

 

 

CLASSIFICAÇÃO DO ESTADO DE CHOQUE

1. Choque hipovolêmico:

Há  redução do volume circulante  com  perda  de  sangue  e  com  isso,  a volemia  torna-se  instável. Comum nos casos de grandes  hemorragias,  queimaduras  extensas, desidratação;

2. Choque  neurogênico:

Dilatação  dos  vasos sanguíneos  provocada  pela  interrupção  da comunicação  entre  o  sistema  nervoso  central  e lesões  medulares.  Comum  nos  casos  de traumatismo raquimedular.

3. Choque cardiogênico: 

incapacidade do    coração de bombear sangue para o  resto do corpo. Comum nos casos de Infato agudo do miocárdio, arritimias, cardiopatias;

4. Choque  séptico:

ocorre devido a  incapacidade do organismo em reagir a uma infecção provocada por bactérias  ou  vírus  que  penetram  na  corrente sanguinea liberando grande quantidade de toxinas;

5.  Choque  anafilático: 

é  uma  reação alérgica  aguda  a  medicamentos, picadas  de  insetos,  comidas,  pós  e outros agentes.

RECONHECIMENTO DO ESTADO DE CHOQUE

1. Pele fria e pegajosa;
2. Aumento  da  sudorese  na  testa  e  nas palmas da mãos;
3. Face pálida com expressão de sofrimento;
4. A pessoa sente frio;
5. Náuseas e vômitos;
6. A  ventilação  fica  curta,  rápida  e irregular;
7. Perturbação  visual,  com  dilatação  da pupila;
8. A pessoa pode ficar inconsciente.

CONDUTA NO ESTADO DE CHOQUE

1. Acionar  atendimento  pré-hospitalar  e/ou priorizar transporte;
2. Tranqüilizar  a  vítima  dando  apoio emocional;
3. Posicionar  a  vítima  em  decúbito  dorsal horizontal;
4. Manter as vias aéreas abertas;
5. Controlar  possíveis  sangramentos externos;
6. Afrouxar as vestes;
7. Aquecer a vítima.

Raynner Barbalho

Raynner Barbalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.